sexta-feira, 16 de abril de 2010

Não foi dessa vez


Minha prima me convidou para ir á um rodízio de pizza com ela e seus amigos, pois era seu aniversario. Aceitei, mas eu sabia que ia me sentir um pouco sozinha porque todos eram mais velhos.
Chegando lá, esperamos arrumarem a mesa, então ficamos em pé aguardando todos chegarem. Eles iam chegando aos poucos. Havia apenas um casal em todo grupo. Outras pessoas entraram no rodízio enquanto isso, um grupo de amigos entrou. Um deles me chamou atenção, acredito vocês saibam como é isso.
Nos sentamos á mesa, como era bem extensa, ele não me viu. Me levantei para buscar refrigerante, acabei esbarrando no menino que estava com a namorada, pedi desculpas e reparei que, o menino que havia me chamado atenção, estava me olhando e comentando com o amigo. Acredito que nessa hora ele me viu.
Logo me sentei, morrendo de vergonha. Pelo menos ele tinha reparado em mim. Depois ficamos trocando olhares, apenas. De repente ele se levantou, me assustei por um instante, ele se sentou novamente, dessa vez na minha mesa, em uma mais cadeira perto de mim.
Algum tempo passou e ele conteve seus olhares. Começou a fazer dobraduras em um guardanapo. Não vou mentir, eu estava curiosa sim. Era uma flor de papel, acabei escutando seus amigos dizerem para me levar, mas ele respondeu que estava com vergonha. Eu apenas fingia que não escutava.
Depois dos amigos convencerem, ele tacou a flor, mas infelizmente caiu no prato do menino que namorava, e ele amassou pensando que era lixo. Ele continuou me olhando, e sorriu, como se dissesse que tentou. Eu tentava me conter, mas ele me deixava boba só com aqueles olhares.
Infelizmente eu tive que ir embora. Ainda me lembro dos amigos dizendo pra ele que se fosse mais rápido não teria perdido a chance. Enquanto eu me preparava para ir embora ele me olhava e quando eu me afastei mais vi seus lábios se mexerem, dizendo:
- Uma pena que não tenha sido dessa vez!


Quem disse que contos não terminam com um "até logo"?


______________________________________________



E vocês, gostam de ganhar flores?

Conto real, mas a dona deseja permanecer anônima.

6 comentários:

  1. dona do conto!! que ficou lindo, lindo, lindo!16 de abril de 2010 16:38

    aii que lindo, amei ver a minha história aqui, me lembra daquele dia e. . .me da esperança de reencontrar aquele menino.
    você escreve muito bem!! transformou a minha história em um conto de fadas! obrigada :')

    ResponderExcluir
  2. Realmente, você manda muito bem Nadini. Sem condições! Parabéns amiga, mesmo! s2

    ResponderExcluir
  3. Eu amaria receber uma flor,, adorei a história
    todas temos uma história pra contar

    bjus

    ResponderExcluir
  4. É, sempre tem um 'até qualquer dia' mesmo que o dia nunca chegue.

    Sayonara kissu.

    ResponderExcluir
  5. Que triste :/
    Podia ter outro conto onde ela reencontrava ele né ?
    IUHSAUIHIUSA

    ResponderExcluir
  6. eu estava pensando nisso hj, rsrs Bem que podia, eu adoraria reencontralo e pensei assim: se isso acontecer eu vou pedir para a dini postar aki como parte 2 =)iria ficar lindo!!

    ResponderExcluir